mais sobre mim

cuscar no ninho

 

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Crónicas frescas

Voltámos à nossa Praia

Babá valente

Dicionário de Bárbara

sonho de uma noite de Ver...

Quem sai aos seus não deg...

Não lhe vão fazer mal, po...

A melhor luz do mundo

Fizeste muito bem mãe, é ...

E se eu te perco…

Aqui vou para a Costa e d...

Nós fomos ao Festival do ...

Como que é ?

Foi o Papa...

Oh mãe pensavas que eram ...

O coração da minha filha ...

As orelhas do carro!

O Regresso a Rio Maior

Como ganhar paredes artís...

Ternurinhas

Chica esperta!

Fomos ao Cinema

E eu fico aqui

Obrigada e assim que cons...

Mamã, já sou uma menina c...

Treinos olímpicos

Eu não sou bebé, sou uma ...

Mãe gulosa.

Fases da Lua em versão da...

Cronicas Antigas

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

adeus

agradecimento

ajuda

alimentação

almoço atribulado

amiga

amigos

amizade

amor

amor de mãe

amor maternal filha

aniversário

aniversário da bárbara

aniversário do cr´´onicas

aniversário do crónicasde uma mãe atrapa

anjos

apego

aprender

apressada

arrumações

avó

bá escola

bá sementes

baba

babyblog

banho

bárbara

barbara

bárbara.

batata

bbá

bdnotícias de bárbara

bebé

bebé quer falam precocemente

bebés

beijos

birra

birras

blogontro

blogontro cancelado.

boas festas

bola de pêlo

bolo de bolacha receitas fáceis

bondade

bonita

brincadeias avós lenga-lenga

brincadeira

brinquedos

cadeia alimentar

cadeirinhas

campanha. mãe

carinho

carnaval

carro

carros

carta

chacina

chica esperta

cibernética

cinema

cinoc sentidos anjos de prata

cinto

ciúmes

clube mammy

concurso

conversas engraçadas

coração de ouro.

criança

crianças

darfur

desenho

dia do pai

divertido

festa

filha

filhos

flores

golfinhos

histórias

jardim

linda

mãe

magia

mamã

menina crescida

natal

notícias da bá

operação

parabéns

patinho

polícia

praia

prémio

regresso

sapo

selo

talento

vaca

varicela

todas as tags

A mamã gansa gostou

A minha experiência de am...

Fomos à praia

E quando os filhos de Cro...

FRAUDE CIBERNÉTICA É CRIM...

Sabor a azul do Céu...

O Ursinho Gummy

A mamã Natal perdeu as ca...

Um Domingo especial

Parabéns filha

Para a minha Barbarita pe...

Mminhos para o Ninho

1º Lugar Babyblogs

Mamã Gansa

Cria o teu cartão de visita

Voaram sobre o o ninho da Mamã Gansa

Andamos por aqui...

O Nosso selo e os de voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

O Selo do nosso Ninho e voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

blogs SAPO

subscrever feeds

"Vais ter que aprender a viver com dois pequenos problemas" Bárbara

Carta ao Pai NatalCarta ao Pai Natal de Bárbara Duarte

Lilypie Kids Birthday tickers Daisypath Happy Birthday tickers Lilypie Third Birthday tickers Lilypie Breastfeeding tickers
Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

Voltámos à nossa Praia

Ainda há por aí alguém que acompanhe este blog desde o seu início? Se há lembram-se deste post “Fomos à Praia”? Não haja dúvida que o mundo pequeno e há coisas que não acontecem por acaso. Pois é o colégio da Bá faz os dias de praia, exatamente sabem onde? Na Praia da Riviera, como vêm eu tinha razão “gente choque é outra coisa” (vide post citado). Ela queria muito que eu lá fosse ter um dia com ela este ano. Mas estava difícil. Ontem lá consegui ter o dia e depois de dias em que passei dia e noite a trabalhar, bem merecido o foi. Estava difícil, pois como queria dar-lhe um dia de miminho só para ela, tive de ir primeiro levar o Gonçalo à ama , a seguir ainda tive que ir pôr gasolina  e como há muito que não fazia esse caminho sozinha, ia tentar lembra-me do caminho. Bom acabei por enganar, mas não foi grave porque consegui ir lá ter. Não consegui foi estacionar logo na praia dela. Ainda tive que andar e estava de coração aos saltos que eu estivesse achegar e eles a sair, mas felizmente não.

  Assim que me viu os olhos brilharam de felicidade e encheu-se de orgulho. Fomos as duas á água. Brinquei com ela e os amigos. Depois ela pediu-me para não voltar para a escola e ficar mais um pouco comigo. Não resisti e cedi. Não consegui evitar de recordar todo o dia a aventura que tinha tido com ela anos atrás. Já não é a minha bebé. È aminha menina crescida. Já nada. Já me ajuda  a carregar as coisas. Brinca comigo na água e coleciona conchas junto do mar. Partilha a merenda dela comigo e repete sem fim que tem muita sorte porque ficou com a mãe na praia. A água estava ótima e a bandeira estava verde. Tirá-la de água foi difícil, mas a determinada altura a rebentação estava forte e eu insisti para sair apesar da bandeira verde,

a corrente estava a puxar. Fomos a uma esplanada num barzinho simpático e original que não me pagam a publicidade, mas pela simpatia a merecem, se forem lá visitem “Xunga Baby love”. A esplanada está decorada com material reciclado e pintado.

Enquanto estávamos na areia eu recordava e contava-lhe o nosso dia de praia. Ela ria-se quando eu lhe contava a que ela dizia que queria ir à água só com as “mimis”  ou só com o rabo.  Depois regressámos as  duas e  eu fui buscar o bebé.

  Mas foi tão bonito, eu olhava para a menina em que ela se tornou e só via a minha bebé santada debaixo do guarda-sol a brincar na reia com pás  e baldes e depois voltava a olhar via a menina que queria ir à água só com o rabo ,mas a seguir via a menina que só queria partilhar uma trade especial com a mãe e nadar. Olhava para ela e já não tem nada de bebé está enorme, as pernas, os braços era de menina crescida. Eram da minha menina de oito anos de quem muito me orgulho e aos meus olhos ela ainda cresceu mais depois que o mano nasceu. Adoro quando ela se dá de mana mais velha e protege o mano.

 E tudo isto fez-me lembrar como é bom e importante este blog para registar estes momentos mágicos que são únicos, irrepetíveis e inesquecíveis.

   

crónica da Mamã Gansa às 10:50
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (2) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sábado, 1 de Dezembro de 2012

Babá valente

Já foi na semana passada que a Bá chegou ao pé de mim e disse com serenidade:

-sabes mamã fui mordida por uma abelha.Ainda tenteis acudi-la do meu braço mas coitadinha deve ter pensado que lhe ia fazer mal e picou. Ainda se mexeu um pouco mas coitadinha morreu.

 

A minha menina valente não só não chorou e se portou muito bem conforme informações posteriores da professora, como em vez de ter ficado zangada por ter sido piicada ainda ficou com pena da abelha. `

É assim a minha Bá terrivelemnte voluntariosa e teimosa mas ao mesmo tempo terrivelmente meiga e amorosa. 

tags: ,
crónica da Mamã Gansa às 22:32
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (4) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 27 de Junho de 2012

Dicionário de Bárbara

-Mãe o que quer dizer copito?

-Então filha isso é fácil é só pensar um bocadinho. Pensa lá copo, copito. Já percebeste.

- Já mamã. Copito éa versão fofinha de copo.

- Nunca tinha pensado nisso dessa forma mas não deixa de estar certo.{#emotions_dlg.smile}

tags: ,
crónica da Mamã Gansa às 18:49
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (2) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sábado, 7 de Agosto de 2010

sonho de uma noite de Verão

 
E foi ao som desta música que hoje nos despedimos de mais um dia de praia. Uma noite de sonho. Um leve e agradável jantar na esplanada da praia.A Bá arranjou uma amiguinho loirinho e giraço com quem já queria ir passear para a praia, a amiga da mãe, deixou o rapaz da esplanada de beicinho e a mãe ficou a chuchar  no dedo que o apai ficou a trabalhar. E a noite estava um sonho,mas tínhamos de chegar a casa e pronto lá a mãe, desmancha prazeres, acabou com o sonho de uma noite verão da filha e da miga.Pronto meninas não chorem, eu prometo que voltamos lá.Até lá fica a música que a Bá adora dançar com a mãe...
crónica da Mamã Gansa às 00:28
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (1) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Domingo, 13 de Junho de 2010

Quem sai aos seus não degenera...

Eu a corrigir testes e a Bá decide espreitar

. Com uma ar muito sério diz:

-Isso está tudo mal.Risca já isso mãe! - e ficou ali á espera que eu riscasse.

 

Ai pobres das crianças se a ponho a corrigir testes!!!!!

 

Ainda dizem eles que eu sou má.Ai se soubessem

tags:
crónica da Mamã Gansa às 20:55
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (4) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

Não lhe vão fazer mal, pois não?

Como o tempo tem estado bom e a Bá fez pouca praia temos aproveitado para ir à praia e temos apanhado dias excelentes. Melhores do que em Agosto. No sábado passado, a Bá viu um rapaz que tinha pescado um polvo e foi a correr ter com ele. O rapaz foi muito simpático respondendo-lhe a todas as perguntas. Preocupada a Bá perguntou: Não lhe vão fazer mal, pois não. E que eu tenho pena dos animais serem comidos, eu tenho muita pena. - Diz ela com um ar muito sentido. O rapaz e os amigos acharam-lhe piada:

- Não, não lhe vamos fazer mal, vamos pô-lo num aquário com uma “polva”.

Eu sorrio e agradeço. Eles perguntam-me a idade dela e ela responde. Acham-lhe ainda mais piada. Tão pequenina e já com tanta consciência. -comentam.

E eu com os meus botões, começo a pensar se não vale a pena começar a experimentar umas receitas com Tofu, seitan e etc. É que se vissem a carita dela…

 

crónica da Mamã Gansa às 10:24
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (1) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Domingo, 4 de Outubro de 2009

A melhor luz do mundo

De manhã. Saio da cozinha e vou ao quarto vestir a Bá.Começo a apagar as luzes e abro a janela.Ela pergunta-me:

-Porque estás apagar as luzes mãe?

-Porquê ter luzes acesas quando temos a melhor luz do mundo (digo eu referindo-me à luz do sol). Sabes qual é a melhor luz do mundo?

Ela responde sem hesitar.

 -Sim és tu mãe. És a melhor luz do mundo. és a minha luzinha.

sinto-me: uma luizinha especial
crónica da Mamã Gansa às 22:33
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (2) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Fizeste muito bem mãe, é mesmo assim.

Ir ás compras sozinha com menina cá do s´tio é um,a aventura. ela caha os supermercados e lojas os sítios mais interessantes para brincar às escondidas. Eu que ando ultimenete em versão de mãe stressada à beira de um ataque de nervos, sempre que a deixo de ver fico com o coração nas mãos.Como as compras eram mais do que estva a contar a minha previdente cria diz-me: é melhor irmos buscar um carrinho.Concordo com ela e digo:

- Então vai lá, que a mamã vai atrás de ti! (Asneira) . Numa abrir e fechar de olhos deixo de a ver. O segurança solicito (que já tinha reparado nela) pergunta-me se preciso de algo. Digo que sim. Deixei de ver a minha filha. descrevo-a. Ele descansa-me. Pela porta da rua não passou , está cá dentro.Olhampos em redor e eça vê-a indo muiito despachada para o ultimo sítio que estava comigo. agradeço ed suspiro de alívio. Ralho com ela que devia ter esperado, que não devia ter desaparecido. "Mas mãe fui buscar o cesto e sabia onde estavas"argumenta.Está bem filha mas não devias de andar sozinha.A mãe assustou-se deixou de te ver. Teve de pedir ajuda ao Segurança.

-Pediste ajuda ao segurança, fizeste bem , é mesmo assm mamã!

tags: , ,
crónica da Mamã Gansa às 00:50
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (1) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 22 de Julho de 2009

E se eu te perco…

Se há uma coisa que não consigo pensar nunca é na possibilidade de te perder. Chamo-te de amor pequenino, mas o meu amor por ti é maior do que o mundo. Sei que às vezes estou cansada, estourada e sem paciência para ti por causa de alguns obstáculos indesejáveis que a vida não pára de me trazer. Mas acredita filha amo-te mais que tudo nesta vida.

  Sei que estou a fazer uma tempestade num copo de água, que o médico me disse que esta era uma operação simples e que não há motivos para eu estar nervosa e ansiosa. Mas as coisas simples na minha sempre tiveram tendência a complicar-se. Sinto-me impotente neste momento. Sinto-me culpada de não te ter conseguido proteger.

Sei que passo a vida a refilar por não parares quieta um minuto sequer. Não te consigo sequer imaginar sequer inerte numa mesa de operações. Sei que é pelo teu bem e apenas isso acalma o meu coração de mãe. Mas por mais que me repita as palavras do médico, olho para ti, tão pequenina e indefesa. Com um coração tão generoso e por mais que evite não quero nem sequer pensar: E se eu te perco?...

 É nestas alturas que sinto saudades de ser uma mulher de fé. De acreditar que tudo vai correr bem. Mas não consigo aquietar o meu coração de mãe. Acho-te tão pequenina para passares por isto e ainda por cima não está nas minhas mãos.

Vou ter que fazer renascer a minha fé. Sei que estás entregue em boas mãos. A partir desse momento estarás entregue nas mãos do teu médico, nas mãos de Deus.

 E sei que logo estarás nos meus braços, com o teu sorriso maroto e a tua vivacidade que me cansa, mas que encanta. E não posso sequer, não quero sequer pensar: e se eu te perco…

 

P.S- Este post está programado para a hora em que a Bá será operada. Agradecem-se orações e vibrações positivas. Raramente tenho vindo ao blogue. Os posts são programados. Por esse motivo não tenho respondido a comentários. Tenho acompanhado aqueles que sigo no perfil. Beijos para os que aqui passarem. Voltarei para dizer como correram as coisas e entrarei de férias indefinidamente. Voltarei mas não sei se Agosto ou Setembro.

 

 

 

 

sinto-me: De coração apertado
música: The greatest love of all Whitney Houston
crónica da Mamã Gansa às 08:00
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (5) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sábado, 18 de Julho de 2009

Aqui vou para a Costa e das matilhas de cães vou fugir…

Fomos à Praia da rainha. Tudo parecia perfeito, chegámos na hora em que muitos partem. A minha hora preferida para fazer praia. Longe da confusão, mas de plena comunhão com a areia, o sol e o mar. Como disse estávamos poucos na praia e apesar do vento que insistia em soprar, estava-se admiravelmente confortável perto do mar. A Bárbara brincou numa piscina de areia que outra criança fizer com o pai e depois construímos a nossa. A seguir fomos à àgua. O mar apesar da bandeira amarela não estava bravo. Mas dava para brincar com as pequenas ondas que a maré enchente fazia. As gaivotas começavam a substituir as pessoas que saíram na praia. Eu e a Bá brincávamos na água a fingir que fugíamos das ondas e voltávamos. Parecia o fim de tarde perfeito.

Mas de repente corria a Bá na minha frente em direcção às toalhas quando me apercebo que começava a chegar à praia uma matilha de cães abandonados. Temi por mim e por ela. Gritei-lhe para que parasse de correr. Pedi-lhe que não se aproximasse de nenhum. Expliquei-lhe que aqueles cães não tinham dono e podiam ser perigosos. Comecei a arrumar as coisas o mais depressa que consegui. A Bá obedeceu-me e eu agradeci a Deus por ela me ter obedecido, pois nem sempre é fácil que ela o faça. Começavam a chegar mais cães e o meu pânico aumentava. Tentava manter-me calma, mas confesso que fiquei com medo. Foi uma das piores experiências da minha vida ter que passar com a Bá ao lado da matilha. Há muito tempo que não sentia uma sensação de pânico e impotência tão grande.

 Senti também raiva das pessoas inconscientes, egocêntricas e egoístas que abandonaram aqueles cães (alguns de raças caras), pondo em risco a vida dos cães e das pessoas que por eles passam Pois estas matilhas tornam-se perigosas. Abandonar animais é um crime público. Antes de levarem um cachorro para casa deviam-se lembrar que eles crescem. Pois chegam às férias e os pobres bichos são largados à sua sorte. Espero que não façam o mesmo com os filhos, pois eles também crescem e começam a dar mais trabalho!

 Não sei que entidade poderá ser responsável por retirar estes cães das praias, mas enquanto isso não acontecer, com muita pena e minha da Bá à Costa da Caparica é que eu não volto e não aconselho ninguém. Aliás é de repassar este aviso para a segurança de todos: Cuidado matilhas de cães abandonados invadem praias da Costa da Caparica.

E não estou a exagerar. Fui dona de cães e adoro cães. Mas também já li e já vi programas sobre os perigos destas matilhas. È que basta um atacar para eles agirem em matilha.

 

Depois de passar a matilha as minhas pernas tremiam como varas verdes. Fomos directas ao carro e ali arranjamo-nos a pressa, pois na altura em que dois cães passaram lá perto, enfiei-me mim e à Bá no carro.

Senão fosse isto tinha sido um fim de tarde perfeito.

 

crónica da Mamã Gansa às 03:00
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (2) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 9 de Julho de 2009

Nós fomos ao Festival do Panda

Fomos e adorámos. A Bá cantou, pulou, dançou, adorou e quer voltar. Fomos Domingo de manhã.E até o S.Pedro quis ir ao Festival do Panda.Mas mesmo com chuva ninguém arredou pé. A Bárbara estava tão contente  que dançava e a seguir atirava-se para o meu colo, a correr e dava-me imensos abraços e beijos. Valeu a pena pôr uns dinheiritos de parte para lhe dar esta alegria,O pior é explicar-lhe que agora só para o ano.

crónica da Mamã Gansa às 17:09
link do post | Diga à Mamã Gansa | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Como que é ?

 

 

A Bá no outro dia esqueceu-se da sua  "adorada" vaquinha cor de rosa no Infantário. Era tarde demais para ir lá buscá-la quando ela se lembrou. De maneira que desatou numa inconsolável choradeira. Tentando consolá-la digo-lhe : Vá amanhã já a tens. A mamã hoje não trabalha, brinca contigo e faz-te companhia. Ao que ela responde prontamente entre lágrimas:

- Não quero. Gosto mais da vaquinha!

 

E cria uma mãe uma filha para ouvir coisas destas!

crónica da Mamã Gansa às 14:30
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (2) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

Foi o Papa...

 

 

 

Esta é daquelas que uma pessoa se arrepende de terem saído boca a fora. Quando os meus alunos estão afazer disparates e eu a ver e eles negam, tenho por há bito responder:

-Claro. Não foste, tu foi o papa.Ele é que está aí

 

Ora um destes dias a Dona Bá andava entretida na sua vidinha af azer disparates e quando lhe ralhei disse que não foi ela. Como  não estava mais ninguém em casa respondi-lhe exactamente a frase de cima.   Ela não só achou a ideia excelente como não se voltou  a esquecer. Sempre que lhe ralho responde que não foi ela e quando digo:

-Mas não estava aqui mais ninguém...

 A madame responde:

- Foi o Papa mãe, foi ele que fazeu o disparate!

 

Por isso com o devido respeito, sua eminência veja se deixa de fazer disparates aqui por casa....

 

Ai a aminha vida que ainda me excomungam....

 

 

 

 

 

 

sinto-me: amiga do papa
crónica da Mamã Gansa às 10:20
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (4) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sábado, 24 de Janeiro de 2009

Oh mãe pensavas que eram sapatos?

 

-Calça as luvas. -digo eu

-Oh mãe as luvas não são para calçar.Os sapatos é que são.

 

- Pensa vas que eram sapatos mãe, pensavas?

 

 

( pois realamente filha porque é dizemos caçar luvas eu também não sei...)

 

 

crónica da Mamã Gansa às 20:40
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (5) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

O coração da minha filha vale muito mais do que o ouro...

Recados Animados 
 

Costumo pensar e dizer que a minha filha vale mais que qualquer tesouro e aqui há dias tive a prova disso. Depois de separar roupinhas e briqnuedos, ela perguntou-me para quem eram. Respondi que ela tinha muita coisa e o papá e a mamã. Expliquei que era para meninos pobres que não têm nem papá nem mamã. Ela concordou em dar-lhes as coisas e depois de fica um pouco a pensar olhou para mim e disse:

- Vamos dar-lhe mamãs também?Vamos mãe? -Sugeriu ela com um sorriso e um brilho nos olhos como se tal fosse possível.

  Mais palavras para quê?

sinto-me: Comovida pela ternura
crónica da Mamã Gansa às 18:27
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (5) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Domingo, 23 de Novembro de 2008

As orelhas do carro!

 

 

 

Aqui há dias deixei o pai da Bá ficou furibundo porque raspei com o retrovisor  do carro ao sair da garagem. Sexta- feira ia voltando a acontecer o mesmo.A Bá pergunta qualquer coisa e eu respondo:

- Espera, que a mamã agora não te pode responder.Tem de ter cuidado senão o papá

zanga-se com a mãe se voltar a raspar com o carro.

 

-O que foi mãe, voltaste a fazer dói dói nas orelhas do carro?

 

 

Agora cada vez que o olho para os retrovisores vejo duas orelhas.

 

 

sinto-me:
crónica da Mamã Gansa às 20:19
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (4) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 10 de Novembro de 2008

O Regresso a Rio Maior

Para quem não sabe sou professora.Em consequência disso quando a Bá tinha 6 meses fui colocda em Rio Maior.Uma pequena cidade simpática do Interior,mas onde apenas gosto de lá passar uns dias.Foi uma ano complicado,mas que acabou por deixar algumas boas recordações também. Nunca pensei emocionar-me tanto ao ver a minha filha correr nas ruas onde cresceu durante seis meses. Ouvir todo sdizerem que ela estva linda e grande e recordarem-se de como era pequenina.Mas um dos momentos mais bonitos foi a visita às salinas, onde encantad nos primeiros minutos nem se quis virar para trás para as fotografis e eu continuo a achar que ficaram lindas,mesmo que aminha joia esteja costas.

 

crónica da Mamã Gansa às 21:38
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (4) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 3 de Novembro de 2008

Como ganhar paredes artísticas ou cenas da vida de mãe

Querem uma parede decorada artisticamente? É simples.Tem-se em casa uma filha que acha que é artista e o mundo é uma enorme tela. Distraímo-nos por alguns minutos na nossa vidinha deixando a criança dar largas à sua criatividade com os seus marcadores novos, até porque lhe dissemos para fazer um desenho que a mamã está ocupada. Como a TV está ligada e não estamos a ver o que está a dar, pensamos que os barulhos estranhos vêm de lá. Et voilá!...Quando levantamos  a cabeça as paredes estão melhoradas pela criatividade artística da criança. Mãe em estado choque ralha com a filha. A filha chora:

- Mas tu mandaste fazer um desenho!

-No caderno filha!

 

Lá lhe dei atenção, abracinhos e beijinhos.

 

Filha eu sei que tu és uma artista e o mundo para ti uma enorme tela mas por favor não voltes a pintar as paredes da casa à mãe!

 

sinto-me: sem saber se choro se rio
crónica da Mamã Gansa às 11:46
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (6) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

Ternurinhas

Quem é a melhor coisa do mundo masi fofa e mais linda e mais docinha?

 

(resposta esperada: A Bá!)

resposta dada com  um grande abraço:

- A mamã!

 

 Bárbara deitada comigo encosta a cabecita na minha barriga e faz festinhas:

-O que tens na barriga mamã?

-nada filhota, só a minha barriguinha.

-Oh pensei que tivesses um bebé!

-O linda da mamã, a mamã nã tem quem sabe um dia...

Ela faz uma festinha, dou-lhe um beijinho , vira-se com uma cara tristita , tal como me senti e adormece serena como  aminha bebé linda que ela é.

 

 

 

(post programado)

crónica da Mamã Gansa às 09:45
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (4) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Chica esperta!

A Bá a cabriolar estraga a renda do vestido.Viro-me para ela e digo:

 

- Olha o que fizeste estragaste arenda do teu vestido.Agora o que é que merecias?

 

 

- Outro vestido igual, com a renda arranjadinha!- responde ela rapidamente.

 

 

 

 

 

crónica da Mamã Gansa às 11:59
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (12) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

Fomos ao Cinema

Como a Bá não parava de dizer que já tinha ido ao cinema, mas nunca tinha ido, decidimos ir com ela ao cinema. O filme escolhido o Panda do Kug - Fu. Uma escola acertad.Um filme acertada com muito ritmo.O cinema, o do Feira Nova de Sintra, que tinha muitas sessões para escolha e fomos à das 19h. Na sala 4 ou 5 grupos de pais com crianças da idade da Bá. Assim que entra na sala a Bá tem uma ataque de pânico e quase tenho de arrastar até dentro da sala do cinema, tipo mãe a torturar a criança para ir ao cinema, já me esta a sentir péssima.Aos poucos foi vendo os outros miúdos e acalmou.No fim adorou.Não se calava a dizer que a Bá foi ao cinema, foi ao cinema com sua Flor ( de peluche) ver o Panda do Kung-Fu.!

 

Ah e adorou as pipocas...

sinto-me: cinéfila
tags: ,
crónica da Mamã Gansa às 09:38
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (3) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

E eu fico aqui

Só para matarem saudades as traquinices da Bá , já que não vou voltar tão cedo.A última da menina é assi, que paramos o carro ainda não tivemos tempo de tirar os cintos já está madame a dizer:

-E eu fico aqui?

tags: ,
crónica da Mamã Gansa às 15:01
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (6) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?

Obrigada e assim que conseguir volto.

Recados Para Orkut

 

Só passei por aqui para dizer olá a todos quanto passaram e deixaram palavras carinhosas.Tenho visitado os vossos cantinhos em silêncio. As férias já terminaram. Mas tenho muito a resolver. Mais uma vez fui colocada em casa. Com uma criança de 3 anos para educar, ao fim de 14 anos a dar aulas, não me sinto com vontade de escrever. Afastam-se as perspectivas de poder ter um 2º filho sem estabilidade económica. Os apoios familiares são poucos ou nenhuns. por isso neste momento como hão-de compreender não estou com vontade de escrever em blogs.

 

 Mudar de área da profissão? Sim seria uma bonita sugestão se eu já não tivesse perdido 4 anos da minha vida a tentar e as respostas eram: -Tem habilitações a mais, com uma licenciatura você consegue melhor, tem mais oportunidades que os outros e não tem experiêrncia.Restando-me apenas apenas empregos temporários. Agora mulher com 40 anos e com filhos, quem me dá emprego noutra área, que não tenha turnos nocturnos, porque ainda por cima não posso contar com ninguém para ir buscar a minha filha escola e tomar conta dela porque o pai não tem horário? Isto se com o andar da carruagem não ficarmos os dois no desemprego. E pronto já chega.Já perceberam porque não tenho andado por aqui.isto é muito giro, mão não dá pão a ninguém

 

Explicações já tentei.Já pus anúncios, mas nada.Em Centros de explicações ganho menos que as mulheres a dias. Mas se precisarem de explicações para os lados de Queluz Massamá de História ; Língua Portuguesa e Inglês, digam que ando por aqui.

 

Ando em buscas de soluções que os problemas já os tenho há muito tempo.Beijos a todos e desculpem o desabafo.

sinto-me: cansada
crónica da Mamã Gansa às 14:47
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (16) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 26 de Agosto de 2008

Mamã, já sou uma menina crescida...

Mamã, já sou uma menina crescida...

E não há dia que a minha filha não me lembre orgulhosamente que já é uma menina crescida. Quer participar das conversas dos pais, quer ajudá-los. Continua teimosa, marota e traquina. Continua perigosa a fugir-me em todo o lado, escorregadia como o sabão, mas com a delicadeza e beleza de uma rosa soprada ao vento. Olhos nos seus e vejo um brilho. Um brilho de felicidade. Um brilho de orgulho. Repete constantemente, não quero ajuda, eu faço. Sou uma menina crescida. E eu olho para ela e vejo como está crescida. Crescida e linda. Não deixará nuca de ser a minha bebé como lhe digo, mas não me canso de repetir que tenho muito orgulho na minha menina crescida refilona, alegre, brincalhona. È uma dádiva ser mãe, mas ser mãe de criança como esta é uma dádiva muito grande. Porquê como esta? Porque é minha, porque é única, porque me surpreende todos os dias com a sua agilidade e capacidade de raciocínio, para alguém que fez 3 anos em Março. Porque me dava resposta que não era usuais numa criança de 2 anos. Haverá mais crianças com certeza. Mas esta  foi a que eu gerei E embora tenha sido há tão pouco tempo parecem tão longe os dias em que segurava a minha bebé pequenina no braços, os dias em que nada mais me sentia a não ser um biberão gigante. As noites em que o teu choro me desesperava tanto que pensamentos negros passavam pela minha mente. E eu inventava canções para os afastar da minha mente e para te embalar e ainda hoje com elas te embalo. Mas por ti voltava a passar tudo de novo. E hoje olho para ti, tão crescida, tão vaidosa, tão bonita tão querida. E incho de orgulho. És uma criança alegre sorridente, inventa histórias, canções e brincadeiras. Não gostas de estar sozinha e gostas que eu seja a tua companheira de brincadeiras. Às vezes fico para a olhar para ti a falares, a expressares-te com as mãos e a pensar como cresceste tanto só num ano. Não gostas de me ver triste corres a dar-me beijinhos,   a fazer-me festinhas e a dizer, não estejas triste, eu tomo conta de ti. E nesse momento tudo brilha à minha volta. Quero-te pedir uma coisa filha: Guarda sempre esta menina crescida pequenina muito doce, dentro de ti. Ela é a tua essência, o teu perfume.

E por falar em perfume, começo achar que os filhos trazem um perfume de feromonas relaxantes, pois basta-me abraçar-te e sentir o teu cheirinho, para ficar tão calma e tão tranquila, que até o sono se torna mais sereno.

Que surpresas mais ainda me vais revelar minha querida menina crescida?

Olho para ti e penso que não sei o que fiz ao tempo, mas acho que de ti fiz uma criança feliz.

crónica da Mamã Gansa às 13:05
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (2) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

Treinos olímpicos

 

Este é um daqueles posts que não precisa de muitas palavras. È daqueles que explica porque é que sou uma mãe atrapalhada e comprova que a rapariga decididamente quer participar das olimpíadas e levar a mãe com ela. Confiram só mãe e filha em pelno treinos atléticos.

crónica da Mamã Gansa às 10:38
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (1) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sábado, 9 de Agosto de 2008

Eu não sou bebé, sou uma menina crescida!!!

 

 

Que ninguém chame bebé à Dona Bá que ela é uma menina crescida…

Já há um tempo, passámos alguns dias em casa das avós (avó e tia-avó) paternas e um senhor que foi fazer uma entrega meteu-se com ela dizendo :

- Olá bebé..

A o que ela respondeu muito zangada:

- Eu não sou bebé, sou uma menina crescida…

O senhor achou-lhe piada de tal forma que estava eu na rua come ela ao colo para entrar no carro e o senhor parou reconhecendo-a e virou-se para ela dizendo:

-Olá Bebé…

A resposta não se fez esperar e o senhor continuou o caminho dele a rir.

crónica da Mamã Gansa às 06:07
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (1) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Mãe gulosa.

Se há coisa que eu sou igual ou pior que a minha filha é gulodice por gomas.Um dias destes comprei um saquinho para irmos comendo as duas enquanto víamos televisão.Entretanto tive que ir fazer qualquer coisa e a Bá ficou sozinha com o saquinho de gomas.Quando voltei só vi o saco...

Eu: -Então filha comeste as gomas todas, não deixaste nada para a mãe?

Ela: - Claro mãe, isto é para os meninos pequeninos não é para as mamãs grandes, não é para as mamãs grandes. - a rir.

 

Pois filha tens razão...., mas no que diz respeito a gomas a mamã é pequenina...

sinto-me: ogada
crónica da Mamã Gansa às 12:13
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (4) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

Fases da Lua em versão da Bá

 

 

 Quarto crescente -Olha Mãe a Lua está um bocadinho partida mas depois vai crescer e vai ficar feita de bola.

 

Quarto minguante - Olha mãe a lua está esconder-se e vai desaparecer.

 

Lua cheia - Olha mãe a lua está feita de bola!

 

 

Confesso que minha preferida é mesmo esta última e digo que acerta em todos os quartos minguantes e crescentes sem eu nunca lhe ter ensinado.

sinto-me: na lua
crónica da Mamã Gansa às 12:54
link do post | Diga à Mamã Gansa | o que disseram à mamã (2) | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?

Crónicas gosta de

Andamos por aqui...