mais sobre mim

cuscar no ninho

 

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Crónicas frescas

2anos….

Manteiga

Coisas más e coisas boas

Feliz 2014

Feliz Natal

Feliz Natal

Dezanove mesinhos

Afinal há manhãs assim c...

Fomos a praia os três...

Gonçalo e a "cobertura de...

Gonçalo e a Otite

Batata versus Body

Voltámos à nossa Praia

Notícias

O puto já anda

8 anos o número do Infini...

Um ano de ti Gonçalinho

FELIZ NATAL

Babá valente

Dez meses de ti Gonçalo.

Saídas da Bá

O lanche do Gonçalo

O 1º lanche que a mana d...

É oficial a Bá já está no...

Dicionário de Bárbara

Já fiz 5 meses.

Indginção em dfesa da ama...

Nasceu uma mãe I

Nasceu uma mãe II

Coisas da Bá

Cronicas Antigas

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

adeus

agradecimento

ajuda

alimentação

almoço atribulado

amiga

amigos

amizade

amor

amor de mãe

amor maternal filha

aniversário

aniversário da bárbara

aniversário do cr´´onicas

aniversário do crónicasde uma mãe atrapa

anjos

apego

aprender

apressada

arrumações

avó

bá escola

bá sementes

baba

babyblog

banho

bárbara

barbara

bárbara.

batata

bbá

bdnotícias de bárbara

bebé

bebé quer falam precocemente

bebés

beijos

birra

birras

blogontro

blogontro cancelado.

boas festas

bola de pêlo

bolo de bolacha receitas fáceis

bondade

bonita

brincadeias avós lenga-lenga

brincadeira

brinquedos

cadeia alimentar

cadeirinhas

campanha. mãe

carinho

carnaval

carro

carros

carta

chacina

chica esperta

cibernética

cinema

cinoc sentidos anjos de prata

cinto

ciúmes

clube mammy

concurso

conversas engraçadas

coração de ouro.

criança

crianças

darfur

desenho

dia do pai

divertido

festa

filha

filhos

flores

golfinhos

histórias

jardim

linda

mãe

magia

mamã

menina crescida

natal

notícias da bá

operação

parabéns

patinho

polícia

praia

prémio

regresso

sapo

selo

talento

vaca

varicela

todas as tags

A mamã gansa gostou

A minha experiência de am...

Fomos à praia

E quando os filhos de Cro...

FRAUDE CIBERNÉTICA É CRIM...

Sabor a azul do Céu...

O Ursinho Gummy

A mamã Natal perdeu as ca...

Um Domingo especial

Parabéns filha

Para a minha Barbarita pe...

Mminhos para o Ninho

1º Lugar Babyblogs

Mamã Gansa

Cria o teu cartão de visita

Voaram sobre o o ninho da Mamã Gansa

Andamos por aqui...

O Nosso selo e os de voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

O Selo do nosso Ninho e voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

blogs SAPO

subscrever feeds

"Vais ter que aprender a viver com dois pequenos problemas" Bárbara

Carta ao Pai NatalCarta ao Pai Natal de Bárbara Duarte

Lilypie Kids Birthday tickers Daisypath Happy Birthday tickers Lilypie Third Birthday tickers Lilypie Breastfeeding tickers
Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

“Deixei-lhe a prega para o piercing mãe!”

Passavam 5 minutos da hora marcada quando cheguei à Clínica, que se divide em 3 edifícios, embora tivesse tido o cuidado de ligar antes para saber onde me dirigir pois não conhecia a ClISA da Reboleira, só me souberam indicar a recepção. Entrei no primeiro, mandaram-me para outro. Ou porque estivesse a chover, ou porque eu estivesse nervosa só vi a entrada para a maternidade. Na recepção disse porque motivo estava ali, mandaram-me aguardar. Como tinha lá os serviços de pediatria, não era de todo descabido que ali fosse. Quando me chamaram disseram de novo que não era naquele edifício, mas tiveram a amabilidade de me guiar por dentro do edifico para não andar com a criança à chuva. A Bá portou-se como uma menina muito crescida.

Chegada ao local certo deram um pequeno líquido para beber, como estivera proibida de beber líquidos hesitou, só o fazendo, após nós consentirmos. Aguardamos ainda um pouco a chegada do médico, que já estava operar. Quando este chegou saudou-nos com um sorriso acolhedor. A Bá foi ao colo de outro médico a chorar porque queria que eu fosse com ela. Mas para a sala das cirurgias já não podia. A intervenção foi rápida. O tempo de eu comer qualquer e sentar-me a escrever um pouquinho.

 Chamaram-nos ela ainda dormia, fiquei um pouco apreensiva pois sentia-a fria, mas vi-a a respirar bem e tranquila o que me tranquilizou. O médico também me tranquilizou dizendo “Já tem aqui a sua princesa com o umbigo bonito” Ao que lhe respondo vivamente e de sorrisom maroto: “Mas doutor a minha filha sempre teve um umbigo bonito”.Ele risse.”Mas agora ainda está mais bonito mãe”.Faz as recomendações aos pacientes e vai de novo para a sala de cirurgias Fomos avisados que o acordar podia ser entre choros e gritos. Acordou e disse que queria mãezinha mas não me reconheceu e esperneou-se enfurecida, e voltou a dormitar. Acordou de novo desta vez já calma e reconhecendo-me. Como a cama era de corpo e meio sugeriram-me que me deitasse ao seu lado. Perguntei-lhe se queria que o fizesse, disse que sim. Assim fiz e adormeceu. Creio que dormitei com ela. Era suposto esperar, que ela acordasse para comer alguma coisa, mas como ela estava a dormir bem e residíamos perto, autorizaram-nos a trazê-la para casa.

 Quando acordou refilou que queria ter dormido mais um pouco nas caminhas altas, aquelas onde são transportados para a cirurgia. Portou-se como uma menina crescida e valente. No dia seguinte já saltava e pulava, para minha preocupação que temia que se magoasse. Mas tudo correu pelo melhor excepto um dia em que sem querer a magoei enquanto brincava com ela e até nesse dia foi valente e crescida.

Ficou a recomendação para irmos ao consultório tirar o penso na segunda – feira. Fomos e a Bá não parava quieta, era como se não fosse nada com ela.

Queixou-se um pouco quando médico lhe tirou o penso. Este viu-a, olhou para a sua “Obra” e sorriu satisfeito. “Está óptimo mãe, até lhe deixei a prega para pôr o piercing quando crescer”. Rio-me e digo”Bom, será o único sítio onde não terá de o fazer escondida de mim”.

Deixa mais algumas recomendações e libera-nos. Antes de me vir embora pergunto:

-Doutor se eu tivesse confiado no que os médicos do centro de saúde disseram, que não era nada, que estava tudo bem, a minha filha nunca teria sido operada, quais eram as consequências?

Ele responde:

- Iria piorando durante o crescimento até um dia ser operada de urgência, ou na pior das hipóteses poderia rebentar quando ela engravidasse.

Agradeci mais uma vez e disse ao médico: Foi a sorte da minha filha ter uma mãe de nariz torcido. E despedimo-nos.

A seguir fomos directos para o Parque porque a Bá ainda não tinha ido desde que foi operada. Ela está óptima, só um pouquinho triste porque acha que tem o umbigo sujo (mas já lhe expliquei que não é), por outro lado anda sempre a mostrar a umbigo, como se fosse um troféu. Se tudo correr assim, só peço que o que tiver de acontecer seja agora em criança pois pelo que parece sofrem menos. Se bem que de preferência não aconteça mais nada.

 Agora só se tem de ter cuidado para ela não se magoar

Obrigada a todos os que aqui passaram e deixaram mensagens de carinho e de apoio. Obrigada a todos os que aqui passaram a saber notícias da Bá.

Deixo também um agradecimento ao pessoal da Clínica de Santo António da Reboleira que assistiram a Bá pela simpatia, amabilidade e disponibilidade. A toda a equipa que colaborou na intervenção cirúrgica.

Ao médico que a operou e a Deus eu já agradeci pessoalmente.

 

crónica da Mamã Gansa às 10:17
link do post | Diga à Mamã Gansa | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
7 grasnados:
De joaninha-ru a 29 de Julho de 2009 às 11:16
Ainda bem que a operação correu bem e está tudo bem com a menina.

Bjinhos
De SoNhAdOrA a 29 de Julho de 2009 às 11:39

Ainda bem que correu tudo bem... E ainda bem que foste persistente e ouvir uma segunda opinião...

Há médicos que o que querem é despachar os seus utentes e isso é uma coisa que me irrita bastante....

Bjinhos para vocês

Hasta
De LEA a 29 de Julho de 2009 às 14:39
Ainda bem que tudo correu muito bem...
Realmnete a Clisa tem crescido muito e a maternidade é toda novinha, até deve dar gosto ter lá os bebés... É lá que faço as ecos e outros exames.
Sabes em relação à sala de operação, eu bato sempre muito o pé para entrar, sou sempre tão melga mas tão melga, que só me calo quando me dão uma roupa para eu entrar com os meus filhotes ao colo e só saiu depois destes "adormecerem".
Beijocas grandes e tudo de bom para vocês
De Rute, Manelito e Tio Mané a 30 de Julho de 2009 às 14:01
Olá Princesa!

Já estou aqui a saber que estás uma princesa ainda mais bonita.
O Tio e o Lito estão a mandar muitas beijokas para ti que és uma primokas muito valente.
Estamos cheios de saudaditas vossas.
Beijokas e as melhoras.
De silvia a 30 de Julho de 2009 às 18:22
Ainda bem que tudo correu bem... os nossos filhotes surpreendem-nos sempre pela positiva. Tens uma filhota linda e compreensiva. Prabéns.
Beijinho
Silvia
De ana santos a 30 de Julho de 2009 às 21:37
Ainda bem que correu tudo bem.
Os feelings de mãe são certos.
Também dos meus tesourinhos pedi para a médica de família fazer o teste de visão , pois o mais velhinho quando teve a consulta já só via 20% de um olho, o médico disse que ele já apareceu na consulta com um caso grave, mas recuperou bastante. Também agradeci ao oftalmologista que até fez consulta ao mais novinho e não é que também precisa de óculos? Sim mas pelo menos este foi a tempo, diz o médico que lá para os 6 ou 7 anos já não deve precisar de óculos.
Os nosso feeling são certos.
beijo grande para vocês,
Ana e seus teosurinhos

De Mãe assustada a 21 de Setembro de 2009 às 02:46
Olá a todas as mães que por um ou por outro motivo já se sentiram como eu, tudo começou em Novembro de 2008 após o banhito do Lukitas detectei uma diferença nos testículos pareceu-me que o direito teria recolhido. Como sou mãe de 1ª viagem assustei-me e perguntei á minha mãe se seria normal, claro que para me descançar a minha mãe disse que sim. Mas uma vez que iria a consulta dos 5 anos para perguntar ao pediatra assim o fiz o Dr. achou que algo se passava mas que o testículo Dto. não tinha recolhido até porque na palpação estavam os dois nas respectivas bolsas, aconselhou me a consultar um cirurgião pediátrico assim o fiz após uma ecografia escrotal foi diagnosticado um varicocelo , na consulta com o Dr. foi nos informado de que o menino teria que ser operado, mas antes para se confirmar ao certo seria necessário que o menino fizesse um ecodoppler escrotal , assim foi quando fui para marcar o exame e fui informada de que não é comparticipado por nenhum subsistema de saúde marquei consulta para o "médico de família "(não sei bem se posso chamar assim uma vez que não tenho médico de família estou nas estatísticas dos sem médico de família que vão a qualquer um quando há vaga é claro).No dia da consulta qual não é o meu espanto quando o médico de família me diz que é impossível o menino ter um varicocelo porque nem hormonas tem ainda.................... nem imaginam como fiquei!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Resultado continuei no particular e uma vez que o Dr. faz serviço na clisa da Reboleira vai ser lá a operação já esta semana (se fosse a ficar a espera do médico de família teria que consultar todos os médicos do centro de saúde para ver se algum iria conseguir acertar e claro esperar mais não sei quantos anos até poder ser operado no hospital civil (é este o estado de pouca saúde que temos). Agradeço a vossa atenção mas não quis deixar passar em branco mais uma situação caricata dos nossos centros de saúde mais concretamente médico de família. Cumprimentos a todas e adorei passar por aqui e ler outros casos de "insucesso com médicos de família " .

Comentar post

Crónicas gosta de

Andamos por aqui...