mais sobre mim

cuscar no ninho

 

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Crónicas frescas

2anos….

Manteiga

Coisas más e coisas boas

Feliz 2014

Feliz Natal

Feliz Natal

Dezanove mesinhos

Afinal há manhãs assim c...

Fomos a praia os três...

Gonçalo e a "cobertura de...

Gonçalo e a Otite

Batata versus Body

Voltámos à nossa Praia

Notícias

O puto já anda

8 anos o número do Infini...

Um ano de ti Gonçalinho

FELIZ NATAL

Babá valente

Dez meses de ti Gonçalo.

Saídas da Bá

O lanche do Gonçalo

O 1º lanche que a mana d...

É oficial a Bá já está no...

Dicionário de Bárbara

Já fiz 5 meses.

Indginção em dfesa da ama...

Nasceu uma mãe I

Nasceu uma mãe II

Coisas da Bá

Cronicas Antigas

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

adeus

agradecimento

ajuda

alimentação

almoço atribulado

amiga

amigos

amizade

amor

amor de mãe

amor maternal filha

aniversário

aniversário da bárbara

aniversário do cr´´onicas

aniversário do crónicasde uma mãe atrapa

anjos

apego

aprender

apressada

arrumações

avó

bá escola

bá sementes

baba

babyblog

banho

bárbara

barbara

bárbara.

batata

bbá

bdnotícias de bárbara

bebé

bebé quer falam precocemente

bebés

beijos

birra

birras

blogontro

blogontro cancelado.

boas festas

bola de pêlo

bolo de bolacha receitas fáceis

bondade

bonita

brincadeias avós lenga-lenga

brincadeira

brinquedos

cadeia alimentar

cadeirinhas

campanha. mãe

carinho

carnaval

carro

carros

carta

chacina

chica esperta

cibernética

cinema

cinoc sentidos anjos de prata

cinto

ciúmes

clube mammy

concurso

conversas engraçadas

coração de ouro.

criança

crianças

darfur

desenho

dia do pai

divertido

festa

filha

filhos

flores

golfinhos

histórias

jardim

linda

mãe

magia

mamã

menina crescida

natal

notícias da bá

operação

parabéns

patinho

polícia

praia

prémio

regresso

sapo

selo

talento

vaca

varicela

todas as tags

A mamã gansa gostou

A minha experiência de am...

Fomos à praia

E quando os filhos de Cro...

FRAUDE CIBERNÉTICA É CRIM...

Sabor a azul do Céu...

O Ursinho Gummy

A mamã Natal perdeu as ca...

Um Domingo especial

Parabéns filha

Para a minha Barbarita pe...

Mminhos para o Ninho

1º Lugar Babyblogs

Mamã Gansa

Cria o teu cartão de visita

Voaram sobre o o ninho da Mamã Gansa

Andamos por aqui...

O Nosso selo e os de voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

O Selo do nosso Ninho e voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

blogs SAPO

subscrever feeds

"Vais ter que aprender a viver com dois pequenos problemas" Bárbara

Carta ao Pai NatalCarta ao Pai Natal de Bárbara Duarte

Lilypie Kids Birthday tickers Daisypath Happy Birthday tickers Lilypie Third Birthday tickers Lilypie Breastfeeding tickers
Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

Não querem barulho em casa, então não tenham filhos

Ou sou eu que ando de nariz torcido, ou há coisas que me irriitam com facilidade no que diz respeito a crianças.Nunca ouvi dizer que ser mãe é fácil e se o disserem eu não acredito,mas também nunca ouvi falar de crianças saudáveis silenciosas. Para  mim crinaças significam barulho, vida, e por consequência brinquedos barulhentos que nos põem os cabelos em pé, mas que os deixam felizes.

 

A cena: eu no parque com a Bá que, insistiu em levar a sua rodinha de empurrar com o guizo que, já me deixou de cabelos em pé várias vezes, mas que não é por isso que a impeço de brincar. Duas crianças aproximam-se da Bá curiosas e ela empresta a rodita e de seguida tem de brigar para a reaver sem que a mãe da primeira criança nada diga. A senhora comenta comigo:

- Há no outro dia , estiveram a brincar com algo parecido. É dos chineese não é? mas eu não quis porque ia ser muito barulho lá em casa....

eu: -Olhe não sei se há nos chineses , esta ofereceram-lha......

 

e não disse mais nada mas fiquei pensar que jamais impediria a minha filha de ter um brinquedo só porque era muito barulhento.

 

E desculpem, quanto ao barulho , não querem barulho , não tenham filhos! Estou cansada de lidar com crianças castradas e para quem não gostar ou não concordar com o que lê, este blog tem um livro de reclamações: a cruzinha do canto superior direito, parafraseando alguém que não me lembro quem.

 

 

crónica da Mamã Gansa às 01:14
link do post | Diga à Mamã Gansa | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
9 grasnados:
De maebabada a 9 de Setembro de 2008 às 11:00
poisss, crianças significam barulho, não ha nada a fazer, o G. tem flauta, xilofone...e de vez em quando la temos que ouvir os seus dons musicais, quanto a não impedir de brincar com nada...confessso que se lhe oferecerem uma bateria la em casa não fica! pode brincar, mas na casa de quem lha oferecer!
De Mamã Gansa a 9 de Setembro de 2008 às 11:32
´Por acaso tenho pensado em oferecer uma bateria a Bá,masl por mal ele faz batuque em tudo o que encontra,ate´as tampas dos tachos servem, além disso, se aturo o barulho dos filhos outros, porque não haveria eu de aturar o da minha....embora eu perceba a questão da bateria loll beijinhos mas olha que as tampas dos tachos não são melhores acredita
De Neli a 9 de Setembro de 2008 às 11:08
Oláááááá!!!!
Nem mais, concordo plenamente. Não deixam os miudos viverem!!! Epá deixem-nos andar e fazer barulho!!!
Essa senhora devia de levar com um pc portátil de brincar da Eva e a máquina fotográfica dela, o som é irritante e muito alto, mas sempre que acabam as pilhas lá estou eu a trocá-las ehehehe
Beijinhos
De Mamã Gansa a 9 de Setembro de 2008 às 11:29
Essa senhora tinha dois filhos, que ficaram tão encantados com uma simples rodinha, que se v~e foram e são crianças impedidas de brincar para não fazer barulho....Aqui em casa quem oferece os binquedos barulhentos somos nós eheheh. beijinhos
De estrelaquebrilha a 9 de Setembro de 2008 às 13:18
Concordo ctg, os miúdos devem estar á vontade deles e não porque os pais n querem barulho, impedirem-nos de serem crianças e é como tu dizes, não querem barulho não tenham filhos.
bj e boa semana
De Mamã Gansa a 11 de Setembro de 2008 às 16:26
Enfim...acho falta de senso,mas isso sou eu...
De mil sorrisos a 9 de Setembro de 2008 às 13:39
Há pessoas muito egoístas... Questiono-me se deviam ser mães. Brinquedos barulhentos, desarrumação e cabelos em pé?? Fazem parte...
Beijos e Mil Sorrisos
:o))))))
De Elora a 10 de Setembro de 2008 às 16:24
Pois eu acho que é tudo uma questão de bom senso. Incutir regras faz parte de educar os filhos, até porque eles dependem de nós para perceber que as regras governam o mundo e que há que obedecer. Eu adoro os meus filhos, mas não me estou nada a ver a ouvir o mesmo barulho estridente vezes sem conta sem dizer nada. Faz-me lembrar quando a Sofia quis uma flauta, mesmo sem ter aulas. É óbvio que teve acesso à dita flauta e pode utilizá-la livremente, mas no quarto dela. Desculpem-me mas não penso ser pior mãe por não gostar de barulho. Não privo o meus filhos dos brinquedos, mas também não os privo da noção de que há sitio e tempo para tudo.
De Mamã Gansa a 11 de Setembro de 2008 às 16:33
is a Bá também uma flauta que me deixa de cabelos em pé,mas fomos nós que lha demos..e eh eh.Masé como dizes não a deixo tocar a flauta à meia noite ou à uma da manhã.E a diferença entre ti e essa senhora é que não impediste a tua filha de ter o brinquedo e soubeste gerir a questão do barulho, além do mais as crianças ao fim duns tempos fartam-se dos brinquedos.A Bá por exemplo só brinca com a roda na rua.às vezes vai com ela no carro.Mas depois ao fim de uns tempo farta-se.Compreendo que alguns como a bateria nos assustem , mas uma rodinha... e quando eles decidem desatar aos gritos por brincadeira como faz a minha? O que é que vou fazer amordaçá-la? não me parece...Crianças são igual a barulho e quando isso não acontece algo vai deixar muito a desejar...è vísisvel que certos comportamentos adptados nas aulas são um escape do que nunca lhes deixaram fazer em casa...beijinhos

Comentar post

Crónicas gosta de

Andamos por aqui...