mais sobre mim

cuscar no ninho

 

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Crónicas frescas

2anos….

Manteiga

Coisas más e coisas boas

Feliz 2014

Feliz Natal

Feliz Natal

Dezanove mesinhos

Afinal há manhãs assim c...

Fomos a praia os três...

Gonçalo e a "cobertura de...

Gonçalo e a Otite

Batata versus Body

Voltámos à nossa Praia

Notícias

O puto já anda

8 anos o número do Infini...

Um ano de ti Gonçalinho

FELIZ NATAL

Babá valente

Dez meses de ti Gonçalo.

Saídas da Bá

O lanche do Gonçalo

O 1º lanche que a mana d...

É oficial a Bá já está no...

Dicionário de Bárbara

Já fiz 5 meses.

Indginção em dfesa da ama...

Nasceu uma mãe I

Nasceu uma mãe II

Coisas da Bá

Cronicas Antigas

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

adeus

agradecimento

ajuda

alimentação

almoço atribulado

amiga

amigos

amizade

amor

amor de mãe

amor maternal filha

aniversário

aniversário da bárbara

aniversário do cr´´onicas

aniversário do crónicasde uma mãe atrapa

anjos

apego

aprender

apressada

arrumações

avó

bá escola

bá sementes

baba

babyblog

banho

bárbara

barbara

bárbara.

batata

bbá

bdnotícias de bárbara

bebé

bebé quer falam precocemente

bebés

beijos

birra

birras

blogontro

blogontro cancelado.

boas festas

bola de pêlo

bolo de bolacha receitas fáceis

bondade

bonita

brincadeias avós lenga-lenga

brincadeira

brinquedos

cadeia alimentar

cadeirinhas

campanha. mãe

carinho

carnaval

carro

carros

carta

chacina

chica esperta

cibernética

cinema

cinoc sentidos anjos de prata

cinto

ciúmes

clube mammy

concurso

conversas engraçadas

coração de ouro.

criança

crianças

darfur

desenho

dia do pai

divertido

festa

filha

filhos

flores

golfinhos

histórias

jardim

linda

mãe

magia

mamã

menina crescida

natal

notícias da bá

operação

parabéns

patinho

polícia

praia

prémio

regresso

sapo

selo

talento

vaca

varicela

todas as tags

A mamã gansa gostou

A minha experiência de am...

Fomos à praia

E quando os filhos de Cro...

FRAUDE CIBERNÉTICA É CRIM...

Sabor a azul do Céu...

O Ursinho Gummy

A mamã Natal perdeu as ca...

Um Domingo especial

Parabéns filha

Para a minha Barbarita pe...

Mminhos para o Ninho

1º Lugar Babyblogs

Mamã Gansa

Cria o teu cartão de visita

Voaram sobre o o ninho da Mamã Gansa

Andamos por aqui...

O Nosso selo e os de voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

O Selo do nosso Ninho e voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

blogs SAPO

subscrever feeds

"Vais ter que aprender a viver com dois pequenos problemas" Bárbara

Carta ao Pai NatalCarta ao Pai Natal de Bárbara Duarte

Lilypie Kids Birthday tickers Daisypath Happy Birthday tickers Lilypie Third Birthday tickers Lilypie Breastfeeding tickers
Sábado, 2 de Agosto de 2008

Adeus D.Adelaide

Glitter Graphics

 

 Porque a vida tem coisas tristes também este blog às vezes tem posts tristes, este é um deles.

 

É com lágrimas nos olhos e um enorme pesar na alma que escrevo estas linhas.Ontem tive uma notícia muito triste recebida da pior forma. A D.Adelaide era a senhora que me ajudava quando estive a dar aulas em Rio Maior. Digo ajudar, porque ela fazia mais que ser a senhora que ia lá a casa duas horas por semana tratar da roupa da Bárbara e da minha se fosse preciso, pois a Bárbara tinha  6 meses e eu estava sozinha com ela numa casa enorme que só está preparada para férias.

 

Era a Dona Adelaide que me ficava com a Bárbara quando eu chegava de viagem e precisava que alguém tomasse conta dela.Era ela que preparava tudo para me receber e à nossa "Bárbia" como ela dizia quando eu chegava de viagem."

 

Foi ela que me ajudou , quando fiquei sozinha uma semana com a Bá doente em casa e o tempo estava tão mau que nem me atrevia a viajar, com a Bárbara aos vómitos. Era ela que sempre que podia ia ver se eu estava doente, se precisava de alguma coisa , pois sabia que eu estava sózinha com um bebé, ao contrário de algumas pessoas com quem eu tinha laços familiares que não se dignaram um dia a ir ver-me, quando já fizeram muitos mais quilómetros por outras pessoas.

 

Eu tenho uma enorme dívida de gratidão para com a D.Adelaide que nunca a poderei pagar.Posso dizer que se na vida encontramos anjos sem asas a D.Adelaide foi um desses anjos que encontrei para me suavizar uma caminhada penosa. 

 

 

Todos os Natais eu lhe ligava, por vezes ela não atendia, porque tinha problemas de audição.Então eu deixava-lhe uma mensagem pois sabia que a filha lhe lia.

 

Se há pessoas de Rio Maior que recordo com enorme carinho e saudade a D.Adelaide era uma delas.  Soube que estava doente  e tentei ligar-lhe mas nunca conseguia. Tinha tido notícias por pessoas da minha família que ela tinha saído do hospital e estava com esperanças que ela melhorasse. Ela era um pessoa com uma enorme alegria de viver e um coração muito bom.

 

Eu sempre disse que quem trata com amor e carinho a minha filha faz-me bem a mim.Era suposto eu ter ido a Rio Maior mais vezes, mas a vida nem sempre dá para fazermos o que queremos. Ontem liguei e fiquei contente quando finalmente me atenderam o telefone, a voz :

-Lamento desiludi-la minha senhora, a minha irmã faleceu há pouco mais de um mês no dia seguinte ao do seu aniversário.. 

 Eu estava a telefonar para lhe dizer que ia lá com a sua Bárbia .

Por outro lado sei que ultimamente sofria muito, por isso talvez seja melhor assim.

 Não consigo imaginar-me a chegar a Rio Maior sem ligar a D.Adelaide  para dizer:

- Venha ver a sua bebé,olhe como ela já está uma menina crescida....

 Ainda não tive coragem de apagar o número do telemóvel...

  Se por um lado tenho pena que a Bárbara não se recorde dela, por outro melhor assim..

 

Adeus  D.Adelaide descansa em paz.

sinto-me:
crónica da Mamã Gansa às 12:25
link do post | Diga à Mamã Gansa | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
11 grasnados:
De Lua de Sol a 3 de Agosto de 2008 às 15:25
Pois é, amiga...
Não sei porquê (ou até sei...), vieram-me as lágrimas aos olhos ao ler este teu post.
Pena que não haja mais senhoras Adelaides... Pena que elas sejam mortais...
Senhoras assim, em vinda, envolvem-nos no seu calor, no seu brilho... Esperemos que também nos alumiem lá de Cima...

Beijocas

P.S. - Já tenho saudades tuas:)
De Mamã Gansa a 4 de Agosto de 2008 às 02:27
não me lembro de ter chorado assim desde a morte da minha avó. queria tanto que ela tivesse visto a Bá só mais uma vez....
De Mamã Gansa a 4 de Agosto de 2008 às 02:31
Também estou com saudades liga nem que seja para dizermos umas larachas a ver se me animo.Jinhos
De sonia/bigita a 3 de Agosto de 2008 às 17:14
Oh kiduxa...também eu fiquei triste por teres sabido a noticia dessa forma. Mas não fiques tristinha a D. Adelaide de certeza que està num mundo muito melhor e sabe que estava nos vossos corações. O importante é nunca esquecê-la. Viver para sempre no teu coraçãozinho.
Um grande grande beijinho com muita força
De Mamã Gansa a 4 de Agosto de 2008 às 02:30
Olá já estás de volta?
Confesso que estava esperançada dela melhorar e ir atempo dela ver a minha filha só mais uma vez....Espero que ao menos ela soubesse que estava no meu coração.Felizmente ainda lhe agradeci por tudo a última vez que vi....vou estranhar.Ela e outra senhora eram as minhas guardiãs como eu lhes chamava...
De sofia a 3 de Agosto de 2008 às 19:23
Até sempre D.Adelaide...
Um grande beijinho para ti, querida mamã!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana
De Mamã Gansa a 4 de Agosto de 2008 às 02:34
Nunca pensei vir a chorar tanto por ela....mas talvez ela esteja bem melhor assim..Eu só queria que ela tivesse visto a minha filha mais uma vez.. só mais uma vez...obrigada pela carinho.
beijinhos
De dona cegonha a 4 de Agosto de 2008 às 11:27
Que ha a dizer nestas alturas???
É sempre tao triste ver partir quem amamos, especialmente quando sao pessoas tao bondosas, como me parece ser o caso da tua querida senhora Adelaide.
Hoje tambem estou muito em baixo, era o aniversario de uma pessoa da minha familia que faleceu á +-4 meses num acidente (com 20aninhos....)
A vida ás vezes é tao triste, mas ha que aguentar e seguir em frente

Mts beijokas
De Mamã Gansa a 4 de Agosto de 2008 às 11:56
Olá dona cegonha
obrigada pelas tuas palavras. De facto quando as pessoas são jovens ainda custa mais. Há pouco mais de 4 anos também uma amiga minha de 22 anos morreu de acidente viação , foram contra ela e dias depois um primo meu de 24 anos nas mesmas circunstâncias. Custa muito mais quando as pessoas são jovens e têm o resto da vida pela frente.
Resta-nos rezar que exista um mundo melhor onde eles se encontrem.

beijinhos
De era1xeu a 4 de Agosto de 2008 às 12:29
A vida é muito cruel e é pena que por vezes, sejam as pessoas boas que partem mais cedo.

E sabes, a minha mãe faleceu vai fazer 2 anos dia 20 deste mês e eu ainda não apaguei o nº de telefone do meu telemóvel, não consigo... E o que eu tenho mais pena é de o meu filho não se ir lembrar da avó. Mas podemos faze-las viver na sua memória falando delas e contando histórias acerca destas, é o que eu faço com o meu menino.

Um beijinho muito, muito grande

Maria Pereira
De Migas a 4 de Agosto de 2008 às 23:58
Pena que tenhas sabido a noticia assim... Mas tenho a certeza que a D. Adelaide sabia bem o quanto a estimavas, o quanto gostarias de ter estado com ela mais uma vez.
Só que o tempo não é nosso...
Pensa que ela está melhor, sem sofrimento e a tomar conta da Bá.
Beijos

Comentar post

Crónicas gosta de

Andamos por aqui...