mais sobre mim

cuscar no ninho

 

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Crónicas frescas

2anos….

Manteiga

Coisas más e coisas boas

Feliz 2014

Feliz Natal

Feliz Natal

Dezanove mesinhos

Afinal há manhãs assim c...

Fomos a praia os três...

Gonçalo e a "cobertura de...

Gonçalo e a Otite

Batata versus Body

Voltámos à nossa Praia

Notícias

O puto já anda

8 anos o número do Infini...

Um ano de ti Gonçalinho

FELIZ NATAL

Babá valente

Dez meses de ti Gonçalo.

Saídas da Bá

O lanche do Gonçalo

O 1º lanche que a mana d...

É oficial a Bá já está no...

Dicionário de Bárbara

Já fiz 5 meses.

Indginção em dfesa da ama...

Nasceu uma mãe I

Nasceu uma mãe II

Coisas da Bá

Cronicas Antigas

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

adeus

agradecimento

ajuda

alimentação

almoço atribulado

amiga

amigos

amizade

amor

amor de mãe

amor maternal filha

aniversário

aniversário da bárbara

aniversário do cr´´onicas

aniversário do crónicasde uma mãe atrapa

anjos

apego

aprender

apressada

arrumações

avó

bá escola

bá sementes

baba

babyblog

banho

bárbara

barbara

bárbara.

batata

bbá

bdnotícias de bárbara

bebé

bebé quer falam precocemente

bebés

beijos

birra

birras

blogontro

blogontro cancelado.

boas festas

bola de pêlo

bolo de bolacha receitas fáceis

bondade

bonita

brincadeias avós lenga-lenga

brincadeira

brinquedos

cadeia alimentar

cadeirinhas

campanha. mãe

carinho

carnaval

carro

carros

carta

chacina

chica esperta

cibernética

cinema

cinoc sentidos anjos de prata

cinto

ciúmes

clube mammy

concurso

conversas engraçadas

coração de ouro.

criança

crianças

darfur

desenho

dia do pai

divertido

festa

filha

filhos

flores

golfinhos

histórias

jardim

linda

mãe

magia

mamã

menina crescida

natal

notícias da bá

operação

parabéns

patinho

polícia

praia

prémio

regresso

sapo

selo

talento

vaca

varicela

todas as tags

A mamã gansa gostou

A minha experiência de am...

Fomos à praia

E quando os filhos de Cro...

FRAUDE CIBERNÉTICA É CRIM...

Sabor a azul do Céu...

O Ursinho Gummy

A mamã Natal perdeu as ca...

Um Domingo especial

Parabéns filha

Para a minha Barbarita pe...

Mminhos para o Ninho

1º Lugar Babyblogs

Mamã Gansa

Cria o teu cartão de visita

Voaram sobre o o ninho da Mamã Gansa

Andamos por aqui...

O Nosso selo e os de voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

O Selo do nosso Ninho e voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

blogs SAPO

subscrever feeds

"Vais ter que aprender a viver com dois pequenos problemas" Bárbara

Carta ao Pai NatalCarta ao Pai Natal de Bárbara Duarte

Lilypie Kids Birthday tickers Daisypath Happy Birthday tickers Lilypie Third Birthday tickers Lilypie Breastfeeding tickers
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

Oferta

Ofereço este poema a todas as mamãs amigas e que nos visitam. Desafio-as a copiarem o poemas se quiserem.Recebi de uma mamã especial com dois filhotes lindos. Ela é autora do Blog Maré

Ser Mãe
Ter um sonho
Receber um teste de gravidez positivo
Sentir uma alegria imensa
Consultar o obstetra
Fazer exames e mais exames
Ter enjôos
Ver o corpo mudar a cada dia
A barriga crescer...
Ter um sangramento
Ficar muito preocupada
Consultar o obstetra
Fazer repouso
Perder o bebê... mas não desistir
Começar tudo de novo
Fazer inseminação
Ou então uma adoção
Ter azia, ficar pesada, ter insônia
Sentir o que nenhum homem jamais sentiu: outra vida dentro de si!
Ouvir o coração
E sentir os chutes do bebê
Consultar o obstetra

Parir
Por cima ou por baixo
Com dor ou sem ela
Gritando ou quieta
A mesma emoção
Um amor sem tamanho
Dar à luz nova vida
Que vem do útero ou do coração

Amamentar
Namorar o bebê
Trocar muitas fraldas
Namorar o bebê
Limpar o umbigo, o nariz, a bunda e a alma
Consultar o pediatra
Um peito rachado, o nariz entupido,
Uma dor de ouvido,
O coração partido
A cólica, ah! Quanta cólica...
Consultar o pediatra ontem, hoje, amanhã, semana que vem, todo mês!

Comprar e comprar
O primeiro uniforme da escola
E muita bugiganga
Tratar uma dor de garganta
E uma dor de barriga
Testemunhar o milagre da alfabetização
Perder a paciência com tanta malcriação
Consultar o pediatra, cada vez menos

No meio das pernas ou embaixo do braço
Encontrar o primeiro pelinho
O crescer do peitinho
Ou do pintinho
Conhecer a turma
Ver o filho sair noite afora
Ficar em casa com o coração na mão
Consultar (ainda!) o pediatra
Escutar "Eu não pedi pra nascer!"
Acreditar e ficar chateada
Ser apresentada
A namorados e namoradas
O vestibular, uma profissão
Quanta preocupação!

E um dia...
O casamento
Ou então, tanto faz
Um ajuntamento

E de repente
Uma vida se passou
Tempo de descansar...
Mas um novo sonho surge
Uma gravidez
Um neto!
E a vida recomeça:
As consultas, as fraldas, as preocupações
Dobradas, como é esse amor...

Ser mãe é ser eterna...

Dr. Ruy Pupo Filho
Pediatra e Neonatologista
crónica da Mamã Gansa às 14:10
link do post | Diga à Mamã Gansa | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
9 grasnados:
De Lua de Sol a 20 de Setembro de 2007 às 16:30
O poema diz tudo!
Passa no ASAS, tens lá um !
Bjs
De Mamã Gansa a 23 de Setembro de 2007 às 10:55
O mais interessante no poema é não ter sido escrito por uma mãe, mas um médico que revela uma enorme sensibilidade.
beijinhos
P.S- Eu passos sempre no Asas, mas por vezes tem de ser à pressa
De Lua de Sol a 23 de Setembro de 2007 às 11:58
No ASAS dia 20 de Setembro! Surpresa!
De Mamã Peixinha a 21 de Setembro de 2007 às 10:20
Eheh mesmo muito apropriado!
Obrigado ;)
Beijokas GDS
De Mamã Gansa a 23 de Setembro de 2007 às 10:49
Quando tiveres a tua peixinha nos braços, vais ver que realmente é melhor coisa do mundo. uma boa horinha.!
De AMS a 21 de Setembro de 2007 às 14:24
Descreve a experiência, de facto. Parabéns pela escolha, gostei.

No entanto, não queria deixar de manifestar os meus sentimentos em relação à gravidez. O que sempre (mais) quis na vida foi ter filhos. Sempre foi o meu principal objectivo. A gravidez, por si mesmo, revelou-se uma experiência difícil, penosa, longa... Passei por um aborto expontâneo aos 29 anos, uma gravidez de risco, com descolamento de placenta e parto com fórceps aos 32 e uma mais recente gravidez aos 34 anos, com parto por cesariana. Tenho dois filhos lindos de morrer e nunca fui tão feliz (nem estive tão cansada). Mas detestei estar grávida. Senti-me pesada, gorda, mal-disposta, adoentada, dorida, limitada.... Os únicos momentos bons foram sentir os movimentos deles e ver as ecografias... de resto, passo...

Quero mais um filho e só de pensar na gravidez, confesso, perco um pouco a coragem... mas acho que vai ter de ser... *sigh*

De Mamã Gansa a 23 de Setembro de 2007 às 10:45
De facto, não deve ter sido fácil, eu tive uma boa experiência. Só para os últimos dias é que já me sentia muito limitada e enjoei nos últimos meses. Mas no fim compensa tudo. Admiro-te a coragem de quereres um terceiro filho, nos dias que correm. Mas pelo que descreves a segunda gravidez foi melhor que a primeira, quem sabe se à terceira não é de vez.
beijinhos

De Mãe da pitukinhas a 21 de Setembro de 2007 às 14:30
Muito lindo mesmo. E concordo que ser Mãe é mesmo para toda a vida, acho qeu nunca vou conseguir deixar de o ser, nem quando ela for bem crecida. Bjos.
De Mamã Gansa a 23 de Setembro de 2007 às 10:47
Concordo. Se os pusemos neste mundo, acho que é mesmo para ser mãe a vida inteira. De outra forma acho que nem se merece que se pronuncie a palavra mãe.
beijinhos

Comentar post

Crónicas gosta de

Andamos por aqui...