mais sobre mim

cuscar no ninho

 

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Crónicas frescas

2anos….

Manteiga

Coisas más e coisas boas

Feliz 2014

Feliz Natal

Feliz Natal

Dezanove mesinhos

Afinal há manhãs assim c...

Fomos a praia os três...

Gonçalo e a "cobertura de...

Gonçalo e a Otite

Batata versus Body

Voltámos à nossa Praia

Notícias

O puto já anda

8 anos o número do Infini...

Um ano de ti Gonçalinho

FELIZ NATAL

Babá valente

Dez meses de ti Gonçalo.

Saídas da Bá

O lanche do Gonçalo

O 1º lanche que a mana d...

É oficial a Bá já está no...

Dicionário de Bárbara

Já fiz 5 meses.

Indginção em dfesa da ama...

Nasceu uma mãe I

Nasceu uma mãe II

Coisas da Bá

Cronicas Antigas

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

adeus

agradecimento

ajuda

alimentação

almoço atribulado

amiga

amigos

amizade

amor

amor de mãe

amor maternal filha

aniversário

aniversário da bárbara

aniversário do cr´´onicas

aniversário do crónicasde uma mãe atrapa

anjos

apego

aprender

apressada

arrumações

avó

bá escola

bá sementes

baba

babyblog

banho

bárbara

barbara

bárbara.

batata

bbá

bdnotícias de bárbara

bebé

bebé quer falam precocemente

bebés

beijos

birra

birras

blogontro

blogontro cancelado.

boas festas

bola de pêlo

bolo de bolacha receitas fáceis

bondade

bonita

brincadeias avós lenga-lenga

brincadeira

brinquedos

cadeia alimentar

cadeirinhas

campanha. mãe

carinho

carnaval

carro

carros

carta

chacina

chica esperta

cibernética

cinema

cinoc sentidos anjos de prata

cinto

ciúmes

clube mammy

concurso

conversas engraçadas

coração de ouro.

criança

crianças

darfur

desenho

dia do pai

divertido

festa

filha

filhos

flores

golfinhos

histórias

jardim

linda

mãe

magia

mamã

menina crescida

natal

notícias da bá

operação

parabéns

patinho

polícia

praia

prémio

regresso

sapo

selo

talento

vaca

varicela

todas as tags

A mamã gansa gostou

A minha experiência de am...

Fomos à praia

E quando os filhos de Cro...

FRAUDE CIBERNÉTICA É CRIM...

Sabor a azul do Céu...

O Ursinho Gummy

A mamã Natal perdeu as ca...

Um Domingo especial

Parabéns filha

Para a minha Barbarita pe...

Mminhos para o Ninho

1º Lugar Babyblogs

Mamã Gansa

Cria o teu cartão de visita

Voaram sobre o o ninho da Mamã Gansa

Andamos por aqui...

O Nosso selo e os de voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

O Selo do nosso Ninho e voos amigos

Crónicas de uma Mãe Atrapalhada

blogs SAPO

subscrever feeds

"Vais ter que aprender a viver com dois pequenos problemas" Bárbara

Carta ao Pai NatalCarta ao Pai Natal de Bárbara Duarte

Lilypie Kids Birthday tickers Daisypath Happy Birthday tickers Lilypie Third Birthday tickers Lilypie Breastfeeding tickers
Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007

Carta para ti Pequenina

Carta para ti Pequenina

 

Lisboa, 20 de Janeiro de 2005          

 

Olá,

Estamos sentadas na Clínica, a aguardar uma hora para seguirmos com as análises. Sinto-te a mexeres-te no meu ventre como se estivesses a nadar. E cada vez que te sinto a emoção é tão grande que por vezes é difícil controlar. As lágrimas de felicidade ocorrem-me aos olhos com muita facilidade, mas já aprendi a disfarçar. Fez ontem sete meses desde que soube que estavas para chegar e desde aí, toda a minha vida mudou em função de ti. Ainda vou esperar bastante tempo para te ver, mas só quero que venhas bem e com saúde. E quando chegares vais ver como já és amada por muita gente que espera ansiosamente por ti, mesmo pelo teu pai, que por vezes me deixa triste por não o demonstrar da forma que eu gostava, mas eu sei que ele também já te ama muito. É o jeito dele. Sei que assim que ele te vir se vai apaixonar por ti, “da mesma forma” que um dia se apaixonou por mim. E posso não te poder dar mais certezas na vida, mas uma eu posso-te dar, é que és o resultado de uma linda história de amor e de uma paixão, muito grande. Espero-te. Espero por ti na tua hora, que também será a minha e que espero que seja uma boa hora.

Com muito amor

Tua mãe Flora

(Filhota no ventre há 32semanas)

 

Este texto foi escrito numa agenda enquanto aguardava para fazer as últimas análises de gravidez. Reencontrei-o hoje ao arrumar o escritório e não resisti, fico duplamente emocionada ao recordar esse momento e por todos os meus desejos se terem realizado. Hoje ela está ao pé de mim, esperta, grande e rabina, a pôr-me a cabeça em água mas a fazer-me muiiiiiiiiiiiiiiito feliz.

 

 

Sabes uma coisa filha? Sabes, sabes, sabes? É isso mesmo.

 

GOSTO MUIIIITO DE TI!!!!!!

 

sinto-me:
crónica da Mamã Gansa às 14:08
link do post | Diga à Mamã Gansa | Ena pá isto é muito giro
 O que é? |  O que é?
10 grasnados:
De frutosdonossoamor a 12 de Setembro de 2007 às 22:35
Sem duvida, como vale a pena recordar....são momentos únicos.
Um bj dos frutinhos .

P.S. Ate q enfim que alguém tirou o código p poder fazer a publicação...pois diga-se de passagem q é uma grande seca.
De Mamã Gansa a 14 de Setembro de 2007 às 20:22
Sim, tão únicos , tão nossos que dá saudades. Quanto ao código desactivei porque li que alguns invisuais se queixam de não conseguirem comentar nos blogues por causa de não poderem copiar o código e eu quero que o crónicas chegue a todos.
beijinhos
De Lua de Sol a 13 de Setembro de 2007 às 00:11
Deliciosa cartinha. Revi-me muito nela, especialmente na parte do papá nem sempre corresponder às nossas expectativas nessa altura:)
Mas como tu, também tinha a certeza de que quando a nossa rebentinha nascesse (porque ele até foi mais "distante" na primeira) ele se renderia por completo - não sei se é da geração deles, ah, ah!. E rendeu. Quando íamos à rua, era ele que queria andar sempre com ela ao colo, a pavonear-se babado! Quanto ao nascimento, só queria que eles viessem perfeitinhos, sem necessidades de incubadoras e coisas tais. Não há nada que nos suscite tanto amor como um filho. É um amor bom, mas às vezes até sufoca... Um amor maior que nós próprias...
Muito carinho...
De Mamã Gansa a 14 de Setembro de 2007 às 20:00
Eu também só pedia que viesse perfeita e com saúde, nesta altura já sabia que era uma menina, mas antes sempre respondi que não tinha preferência. Sim , por vezes sufoca, mas ser é um sentimento único.
De Katya a 13 de Setembro de 2007 às 09:17
Linda a carta!
Nas tuas palavras voltei a sentir cá dentro a emoção que era ter o meu filho a mexer dentro de mim, é realmente mágico, fiquei com saudades da minha barriga, da ansiedade do dia em que o iria ver finalmente, foi maravilhoso estar grávida!!!!
beijos grandes
De Mamã Gansa a 14 de Setembro de 2007 às 20:02
Eu acho um privilegio ser mulher e ter o dom de gerara uma vida dentro de mim.È realmente maravilhoso estar grávida. Por vezes dá saudades.

jinhos
De Mãe da pitukinhas a 13 de Setembro de 2007 às 13:50
Um texto lindo, sem duvida. Bjos.
De Mamã Gansa a 14 de Setembro de 2007 às 20:18
Tudo é que nos vem do coração emana a sua beleza especial. Beijinhos
De era1xeu a 14 de Setembro de 2007 às 10:48
É tão bom recordar estes bons momentos, gostamos de ter os nossos piolhos junto de nós, mas temos saudades destes bocadinhos tão bons.

Beijocas e obrigada pela visita ao meu blog

Maria Pereira
De Mamã Gansa a 14 de Setembro de 2007 às 20:17
Sim, saudades de um tempo em que eles são só nossos.
beijinhos

Comentar post

Crónicas gosta de

Andamos por aqui...